Ora-pro-nóbis. Verdura rica em proteína vegetal

Ótima planta para se ter no jardim comestível. Geralmente, as pessoas usam como ornamental, em calçadas e muros pois possui espinhos enormes e forma uma barreira de proteção. E, nem desconfiam que possuem uma planta super nutritiva!

O meu ora-pro-nóbis consegui pegando um galhinho em uma de minhas caminhadas e fiquei tão feliz de ter encontrado. Inicialmente, ele estava em vaso mas, depois, consegui um espacinho em um pequeno canteiro. Enquanto ele crescia eu ia podando e retirando os brotos que nasciam abaixo da linha do muro. Os espinhos que ficam na parte de baixo eu vou retirando enquanto crescem e são bem molinhos quando jovens. Quanto mais eu podo, mais brotos nascem.

Suas, folhas, flores e frutos são comestíveis.

É uma verdura rica em proteína vegetal e suas folhas podem ser consumidas cruas ou cozidas.

IMG_20180114_183408

IMG_20180114_183440

IMG_20180114_183513

IMG_20180114_183546

IMG_20180114_183602

IMG_20180114_183611

IMG_20180114_183633

IMG_20180114_183648

“O ora-pro-nóbis é uma planta muito rústica e com bom potencial produtivo, que se apresenta como uma opção de diversificação de renda e de cultivo especialmente para o agricultor familiar, já que a produção em larga escala é dificultada pelas próprias características da planta, que exige intensa mão de obra”, sugere o pesquisador Nuno Madeira.

Por ser uma planta da família dos cactos, o ora-pro-nóbis cresce como um arbusto, com espinhos agudos distribuídos ao longo dos caules e ramos, o que dificulta o manuseio pelos agricultores. “No geral, os produtores não consideram estabelecer lavouras de ora-pro-nóbis pela dificuldade de lidar com a planta espinhosa”, contextualiza o pesquisador, ao comentar que a planta, apesar de muito nutritiva, costuma ser utilizada somente como cerca-viva ou, em regiões específicas, como ingrediente de receitas tradicionais em cidades históricas de Minas Gerais, como Diamantina, Tiradentes e Sabará.

Também conhecida por lobrobó ou pereskia, o ora-pro-nóbis é considerada uma planta alimentícia não convencional (PANC) e apresenta um relevante teor de proteína – trata-se de um alimento de origem vegetal com cerca de três gramas de proteína a cada 100 gramas de folhas. “Embora esse valor seja equivalente em outras hortaliças como rúcula e agrião e também em folhas de coloração verde-escura, a qualidade da proteína do ora-pro-nóbis é melhor porque apresenta mais complexidade e aminoácidos essenciais, ou seja, tem maior valor biológico para o organismo porque contém aminoácidos essenciais em quantidade e proporções adequadas”, explica a pesquisadora Neide Botrel.

(Fonte: http://www.emprapa.br)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s