Erva-jabuti (Peperomia pellucida)

Plantinha linda e mimosa que nasce muito aqui em casa.

É uma erva anual, de raiz rasa, geralmente atinge cerca de 15 a 45 cm de altura, é caracterizada por caules suculentos, folhas carnudas brilhantes, em forma de coração, e pequenas sementes pontiagudas presas a várias pontas de frutificação. Tem um odor de mostarda quando esmagado.

Nome científico: Peperomia pellucida (L.) Kunth.

Família: Piperaceae.

Sinônimos botânicos: Micropiper pellucidum (L.) Miq., Peperomia concinna (Haw.) A. Dietr., Peperomia pellucida var. minor Miq., Peperomia pellucida var. pygmaea Willd. ex Miq., Peperomia translucens Trel., Piper concinnum Haw., Piper pellucidum L.

Nomes populares: erva-de-jaboti, comida de jaboti, peperômia, alfavaquinha-de-cobra, oriri, maria-mole, ximbuí, coraçãozinho, língua de sapo, sunakosho, corazón de hombre (casteliano), Ulasiman-bato, pansit-pansitan (tagalog), olasiman-ihalas (cebu, bisaya), tangon-tangon (bikol), peperomia (english), garrapatilla.

Usos: diurético (forte), emoliente, hipotensor, anti-inflamatória, digestiva, prurido, tosse, abscessos, furúnculos, conjuntivites, inchaços, digestão, refriados, constipação, inflamações do reto, feridas e chagas, prevenção de AVC, enfermidades do coração.

Há estudos que validam o uso desse extrato vegetal como medicamento tradicional contra a hipertensão.

Parte utilizada: toda a planta.

IMG_20190819_165318

Planta anual, que nasce em lugares úmidos de sombra ou meia-sombra.

Comestível e medicinal. Pode ser consumida crua, refogada, cozida, etc. As folhas são suculentas, com um sabor picante.

Depois que fizer o chá, pode ser aproveitada para ser consumida como preferir.

Também é usada para banhos ritualísticos.

Possui uma composição mineral de alto valor, compreendendo potássio, cálcio e ferro como os principais elementos.

A alta quantidade de ferro encontrada indica que a planta poderia ser uma boa fonte de ferro na dieta para suprir a deficiência nutricional de ferro, se suplementada na dieta.

É uma planta medicinal bem conhecida sendo usada etnomedicinalmente (1) para o tratamento de várias doenças em todo o mundo. Estudos in vitro (3) e in vivo (4) demonstraram muitas atividades farmacológicas da planta que suportam o uso tradicional da mesma.

As literaturas mostraram o potencial de compostos isolados para exibir bioatividades, tais como atividades antimicrobiana, anticancerígena, gastroprotetora e antidiabética. A presença de fitoquímicos como alcalóides, flavonóides, saponinas, taninos e glicosídeos poderiam ser responsáveis pelas atividades farmacológicas da planta. A utilização da Peperomia pellucida de forma adequada pode ser benéfica em termos de promoção da saúde e terapia da doença.

IMG_20190819_165128

Usos etnobotânicos (2) de Peperomia pellucida em várias partes do mundo:

Região

Parte usada

Usos

Distrito de Malappuram, Kerala, Índia

Planta inteira

A decocção preparada a partir da planta inteira é tomada internamente para tratar o reumatismo.

Barpeta district, Assam, Índia

Suco de planta, pasta de folha

Suco de planta é usado em problemas de estômago, pasta de folha é aplicada em cortes e feridas.

Leste, Sepik, papua nova guiné

Folhas, planta inteira

As folhas são usadas como antidepressivo e no tratamento da espinha. Planta inteira é usada no tratamento de febre e dor de cabeça.

Indonésia

Partes aéreas

Tontura, dor de cabeça, febre, dor de estômago

Divisão Khulna Maior, Bangladesh

Planta inteira

Planta inteira é usada no tratamento da diarréia.

Distrito de Bagerhat, Bangladesh

Comunidade tribal usa planta para fins medicinais

Distrito de Tinsukia, Assam, Índia

Planta inteira

Pasta feita de toda a planta é aplicada em queimaduras para alívio rápido.

Assam, Índia

Tiros novos

Brotos jovens são usados como agentes aromatizantes.

Distrito de Morigaon, Assam, Índia

Partes aéreas

Parte aérea da planta é usada para tratar dor de estômago, dor nas articulações e dor de cabeça.

Distrito de Jalpaiguri, Bengala Ocidental, Índia

Planta inteira

Pasta feita de planta inteira é usada contra furúnculos.

Comunidade Kanda, Bangladesh

Planta inteira

Pasta feita de toda a planta é aplicada pelos lados do local picado (cobra venenosa, picadas de insetos ou répteis).

Marroquinos Saramaccan no Suriname

Planta inteira

Usado como banho de ervas para crianças para promoção da saúde geral e para se livrar do mal.

República Dominicana e Nova Iorque (medicina tradicional dominicana)

Partes aéreas, folha

As partes aéreas são usadas no tratamento da gripe, as folhas são usadas para tratar infecções vaginais e asma / congestão no peito.

Okigwe Imo state, South Eastern Nigeria

Folha

As folhas são usadas para tratar o pé e a ferida dos atletas.

Assam, Índia

Folha e caule

Caule e folhas são usados em distúrbios urinários e febre.

Trinidad

Planta inteira

A infusão ou decocção feita da planta inteira é usada para tratar o resfriado e a tosse e como agente de resfriamento / limpeza.

Distrito de Tshopo, RD Congo

Folha

As folhas são cozidas e usadas como vegetais folhosos.

Moulvibazar District, Bangladesh

Folhas, planta inteira

Pasta feita de folhas e planta inteira é usada no tratamento da febre em crianças e adultos, respectivamente.

Distrito de Kamrup, Assam, Índia

Folhas e caule

Folhas e caule são usados no tratamento da febre.

IMG_20190627_154052

No vídeo que preparei para o YouTube, fiz um chá e uma mini pizza, usando a erva-jabuti. Assista! 😉

Fontes:

  • http://www.plantamed.com.br
  • Livro Plantas alimenticias não convencionais – Valdely Ferreira Kinupp e Harri Lorenzi
  • Livro Plantas medicinais do Brasil – Harri Lorenzi e F. J. Abreu Matos
  • Nwokocha CR, Owu DU, Kinlocke K, Murray J, Delgoda R, et al (2012) Possible Mechanism of Action of the Hypotensive Effect of Peperomia pellucida and Interactions between Human Cytochrome P450 Enzymes. Med Aromat Plants 1:105 doi: 10.4172/2167-0412.1000105
  • https://innovareacademics.in: ETHNOBOTANICAL USES, PHYTOCHEMISTRY AND PHARMACOLOGICAL ACTIVITIES OF PEPEROMIA PELLUCIDA (L.) KUNTH (PIPERACEAE)-A REVIEW
  • Wikipedia

——————————————————————————————————————–

* (1) Etnomedicina: é uma área de pesquisa ou aplicação da etnologia cujo objeto são as práticas voltadas para conservação e recuperação da saúde ou a medicina, como o nome indica.

* (2) Etnobotânica: ramo da botânica que estuda o uso das plantas pelos povos.

* (3) In vitro: Esta expressão é normalmente utilizada no âmbito da medicina, para categorizar os fenômenos que são observados fora do organismo de um ser vivo.

* (4) In vivo: Ao contrário da definição de in vitro, que se refere ao que é feito fora de um organismo vivo, a expressão latina in vivo – que significa “dentro do vivo”, em português – consiste nos processos realizados dentro de um ser vivo. No campo da ciência, as experiências in vivo são todas aquelas feitas dentro de um organismo vivo e em funcionamento.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s